Quarta-feira, 31 de Janeiro de 2007
A INVASÃO DA CHINA POR TÊXTEIS PORTUGUESES BARATOS

Na China, integrando a comitiva do Primeiro-Ministro, o ministro da Economia, que também tem a responsabilidade pelo chamado Plano Tecnológico, disse que o investimento chinês em Portugal pode contar com a vantagem de custos com o pessoal que são inferiores à média dos nossos parceiros comunitários.

A gente ouve e nem acredita! Então Portugal quer atrair investimento estrangeiro acenando com os salários baixos? Afinal, os salários são ou não são baixos? Ou o governo diz uma coisa cá dentro e vende outra lá fora? Então o desenvolvimento nacional vai continuar assente nos baixos salários? Então o desenvolvimento económico não vai basear-se nas novas tecnologias e vamos ter mais do mesmo?

Ainda anda no ar o grito de guerra dos empresários portugueses contra a invasão de produtos chineses baratos. Se a oferta do incrível ministro da Economia do governo Sócrates tiver acolhimento no seio dos investidores chineses, o feitiço vira-se contra o feiticeiro e teremos a China a protestar contra a invasão de produtos baratos made in Portugal, conseguidos à custa de salários baixos. Mau demais para ser verdade, não acham?



publicado por org. pcp-taipas às 11:40
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 30 de Janeiro de 2007
OS NÚMEROS DO DESEMPREGO

No final do ano passado eram 72.505 os portugueses emigrantes em Espanha.
Um aumento de 21,3% em relação ao ano anterior.

A estes números há que somar os milhares e milhares de trabalhadores que diariamente atravessam a fronteira para trabalharem em Espanha e não são considerados emigrantes porque continuam a residir em Portugal. Do concelho de Guimarães são aos milhares.

E os muitos emigrantes portugueses clandestinos na Galiza, na Catalunha, contratados para as obras públicas. Há freguesias do norte do concelho, onde se pode vê-los partir ao domingo à tarde e regressar no sábado seguinte.

Depois disto, se Você crê que o desemprego está a diminuir graças ao desempenho da economia e ao governo, não me espanta que acredite em bruxas...




publicado por org. pcp-taipas às 19:22
link do post | comentar | favorito

AINDA O BALCÃO DAS TAIPAS PARA DESEMPREGADOS
Afinal, soube agora, a não atribuição do balcão do Centro de Emprego de Guimarães à Junta de Freguesia, após uma sondagem à mesma para saber do seu interesse e de ela ter manifestado o seu interesse, mais do que uma fretada foi um acto de vingança. E a vingança é acto impróprio de gente com princípios. Por estes lados , ninguém morre de amores pela Junta, mas a vingança não faz parte dos nossos métodos de fazer oposição.


publicado por org. pcp-taipas às 18:54
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 29 de Janeiro de 2007
Responda quem souber

O Secretário-Geral do PCP, Jerónimo de Sousa, colocou ontem uma pergunta oportuna e pertinente num jantar realizado em Aveiro em defesa do “SIM”:

 "Onde estavam  (os Movimentos do Não) quando a reforma do Código do Trabalho promovida por Bagão Félix, ele próprio defensor do Não, veio reduzir a licença de maternidade e o carácter universal do abono? Não se ouviram os seus protestos".



publicado por org. pcp-taipas às 19:01
link do post | comentar | favorito

Dia 11, vota SIM!

Publicado em: Resistir.info



publicado por org. pcp-taipas às 17:08
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 26 de Janeiro de 2007
MANIPULAÇÕES

No Diário de Notícias de 26/1/07 saiu uma sondagem, daquelas que periodicamente nos pretendem mostrar o estado de saúde político do povo. Pois bem, leiam-na e comparem as conclusões com os dados que por força da lei a acompanham e que, teoricamente, serviram de base a essas mesmas conclusões.

Ajudem-me, porque eu estou baralhado.

Eu explico: lendo os números da sondagem fica-se a saber que a aplicação da regra do arredeondamento é feita de modo diverso de partido para partido. Exemplificando, para melhor perceber.  1,4% dos sondados que declararam votar CDS, foram transformados numa subida pela lei do arredondamento, enquanto os 3,6% que manifestaram intenção de voto no PCP foram transformados em descida. E no entanto, da última sondagem para esta, aumentou o número de inquiridos que declarou ser sua intençao votar PCP se as eleições fossem hoje.  Alguém me explique o mistério do arredondamento. Ou, melhor, o mistério da manipulação.



publicado por org. pcp-taipas às 16:39
link do post | comentar | favorito

É O FRETE, ESTÚPIDO!

O Centro de Emprego de Guimarães, que como é geralmente sabido, é um organismo tutelado pelo governo, decidiu abrir extensões suas pelo concelho, para, alegadamente, facilitar a vida aos desempregados. Com base num qualquer critério, que não deu a conhecer, mas que se suspeita qual foi, abriu balcões numas freguesias, ao mesmo tempo que, noutros casos, agregou várias freguesias e decidiu a qual delas coube a sorte de receber o balcão geral.

A junta de freguesia ou instituição com balcâo de atendimento vai receber um computador e um valor pouco acima do salário mínimo nacional, por mês e durante três anos e variável em função do número de desempregados abrangidos. Há freguesias que vão receber mais de 800 euros por mês, por esta via, o que serve para perceber a importância deste subsídio encapotado, distribuído por amigos, protegidos e fieis, com umas migalhas pelos outros, coisa que fica sempre bem a certos democratas, sobretudo de esquerda.

Só a partidarite e o favoritismo ajudam a interpretar a geografia dos balcões.

 



publicado por org. pcp-taipas às 12:34
link do post | comentar | favorito

SINAL DOS TEMPOS
Antes, quem fizesse asneiras era repreendido e castigado. Hoje, quem faz asneiras é mandado para Londres.


publicado por org. pcp-taipas às 12:33
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quinta-feira, 25 de Janeiro de 2007
Um ano terminou, outro começou!

Realizou-se no passado Domingo, dia 21 de Janeiro, a 1.ª reunião da organização de freguesia de Caldelas do PCP, de 2007. Nesta reunião foram apontados o rumo e os objectivos politicos para o ano que agora se iniciou e aprovado o plano de actividades a levar a cabo. Dentro de dias este blog divulgará o plano.

Foi também feito o balanço relativo às acções executadas no ano passado, cujos objectivos políticos foram alcançados. O PCP/Taipas está hoje mais vivo, mais activo, mais oportuno e mais dinâmico, acompanhando com maior grau de atenção o dia a dia das Taipas e das suas gentes. As fotos abaixo documentam a dinâmica atingida em 2006.

 

Festa da Fraternidade

Um dia de convívo e festa promovida pelo PCP/Taipas com os Taipenses que encheu a praça do mercado de gente e onde se viveu um ambiente animado e de verdadeira fraternidade. 

 

Sessão pública "em defesa da Segurança Social"

Sessão pública de esclarecimento sobre as propostas do governo relativas à reforma da Segurança social, realizada na escola da Charneca com a presença do membro da comissão política do PCP, Vasco Cardoso.

 

Defesa da manutenção do serviço de saúde pública no Centro de Saúde das Taipas 

Luta desenvolvida para pelo PCP/Taipas no sentido de evitar a perda de um serviço importante para os Taipenses e que vem enfraquecer a Vila das Taipas no seu processo de afirmação como polo aglutinador de outras freguesias.

 

Visita de Agostinho Lopes às Taipas

No resultado desta visita, o deputado Agostinho Lopes, presentou em Novembro, na comissão de revisão do PIDDAC 2007 na Assembleia da República, as proposta de alteração para o concelho de Guimarães que contemplavam, a reconversão do parque de lazer das Taipas e a recuperação e requalificação do edificio dos Banhos Velhos.

 

Denúncia ao IGAT

O PCP através do seu deputado na assembleia de freguesia, Cândido Capela Dias, denunciou ao IGAT os atropelos à lei cometidos repetidamente pelo executivo da Junta de Freguesia. Esta denúncia teve como resultado a reposição da legalidade respeitante ao estatuto do direito da oposição. (veja aqui o comunicado emitido)

 

A importância crescente do PCP na Vila determina mais obrigações e mais responsabilidades. Colabore connosco, comentando o que escrevemos e apresentando a sua sugestão.



publicado por org. pcp-taipas às 20:16
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Estilo elevado
Com a elevação que se lhe reconhece, Jose Sócrates, ontem no debate mensal da Assembleia da República, acusou o deputado João Cravinho de apresentar asneiras. E, com medo de não ser bem ouvido, repetiu. Não é, como alguns dizem para o desculpar, uma questão de estilo, mas de falta de educação.


publicado por org. pcp-taipas às 16:33
link do post | comentar | favorito

Avaliações (1)

E por falar em avaliações, fiquem com esta pérola da hipocrisia.

Durante meses o governo e seus servidores na comunicação social insistiram que ao contrário do que diziam os sindicatos da função pública, o objectivo da avaliação do desempenho era distinguir os funcionários bons dos medíocres, promovendo o mérito.

Agora, com o orçamento de estado aprovado ficamos a saber que promoções na carreira só se houver dinheiro. Ou seja, o mérito, se o houver, vale uma vitória moral porque dinheiro e carreira nova (que implique aumento de vencimento) só quando o governo quiser. E ainda há por aí quem negue que as reformas são apenas pequena cirurgia para espremer o povo.



publicado por org. pcp-taipas às 15:54
link do post | comentar | favorito

Ideologia dominante no momento que passa

Nos tempos que correm tudo está sujeito a avaliação. Não uma avalição para melhorar, mas para excluir, para castigar, para despedir. A paranoia da avaliação já chegou aos inquéritos feitos a crianças e adolescentes.

Então não é que uma instituição tutelada pelo governo é responsável por um inquérito onde se pergunta aos jovens o que pensam do desempenho sexual dos pais, se o pai obriga a mãe a dar uma queca contra a vontade dela, etc. Como diria o bom do Astérix, estes socialistas andam loucos...



publicado por org. pcp-taipas às 15:34
link do post | comentar | favorito

Amanha há debate
Amanhã, no slão dos BVTaipas, debate sobre o referendo. Vai por aí enorme confusão que cumpre desfazer, e esta é mais uma oportunidade. Participe. E lembre-se que o bojectivo do referendo é que o aborto ou o desmanche, como também é conhecido, deixe de ser clandestino e posso ser realizado em lugar apropriado, por gente competente. A bem das mulheres e de muitos casais.


publicado por org. pcp-taipas às 11:54
link do post | comentar | favorito

   INTERVENCOES & COMUNICADOS

   FRATERNIDADE

 

  

   PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS

   DORBRAGA

   JORNAL AVANTE

   O MILITANTE

   EDICÕES AVANTE

   RÁDIO COMUNIC

 

  

  
pesquisar
 
posts recentes

Jornal da Fraternidade - ...

Jornal da Fraternidade - ...

FESTA DA FRATERNIDADE 201...

GREVE GERAL

Comunicado do PCP/TAIPAS ...

Centenário de Álvaro Cunh...

José Manuel Torcato Ribei...

Delegação da CDU encontro...

Derrotar este governo e e...

Jornal da Fraternidade - ...

VIVA O 1.º de MAIO

IX Assembleia da Org. Reg...

IX Assembleia da Org. Reg...

25 de Abril sempre!

IX Assembleia da Org. Reg...

IX Assembleia da Org. Reg...

IX Assembleia da Org. Reg...

Jerónimo de Sousa na vila...

Sessão Cultural Evocativa...

Centenário do nascimento ...

arquivos

Abril 2014

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

subscrever feeds