Segunda-feira, 17 de Setembro de 2007
A UM PASSO DO ABISMO

Estava-se em 1975, em pleno processo revolucionário, e nas paredes de Lisboa alguém somou meia dúzia de palavras a uma frase então muito em voga nos discursos oficiais. "Portugal estava à beira do abismo", costumavam os políticos da época dizer para melhor caracterizarem os gravíssimos problemas herdados do fascismo, ao que outros acrescentaram: "agora deu um passo em frente!"

 

Na última assembleia de freguesia, no passado mês de Julho, o PCP, com base em declarações e procedimentos da Junta, previu o agravamento das  relações entre ela e a Câmara de Guimarães, caso não fosse revista nem alterada a estratégia suicida protagonizada pelo presidente da Junta, Constantino Veiga.

 

Infelizmente, confirmaram-se as piores suspeitas.

 

Quando não há bom senso, nem sentido das responsabilidades, qualquer tentativa, como a nossa, de promover o diálogo assente no respeito e no reconhecimento da importância e do papel de cada uma das partes em litígio, é inútil e está condenado ao fracasso. Sabíamos disso, mas quisemos dar aúltima oportunidade.

 

O presidente da Junta deu um passo no sentido do abismo. Chamado a capítulo, teve de dar o dito por não dito. Desceu mais um degrau da escada que o conduz ao isolamento de grande parte da população, que não se revê no desmembramento do concelho de Guimarães, e de muitos que com ele alinharam na lista social-democrata.

 

O PCP/Taipas, convicto de bem interpretar os sentimentos maioritários do povo de Caldelas, não apoia a "loucura política" de Constantino Veiga, mesmo na sua versão recauchutada. Mais uma vez o presidente da Junta tenta passar por vítima num processo em que é o culpado principal.



publicado por org. pcp-taipas às 16:18
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quinta-feira, 6 de Setembro de 2007
A despoluição do Rio Ave

Enquanto a polémica sobre a concentração Motard ocupa as atenções, outros assuntos importantes vão passando para o calendário das calendas pelo executivo da Junta de Freguesia.

 

O que aqui vemos é um esgoto a céu aberto e desaguando directamente para o rio. Isto acontece na nossa vila, mais propriamente nas costas do Prédio do Montinho.

 

Além da gravidade da poluição, este esgoto provoca um cheiro horrivel que se acentua com o calor nestes tempos de verão. Segundo alguns moradores, o Sr. Presidente da Junta é conhecedor da situação pois visitou o local quando era apenas candidato e prometeu que iria tomar medidas quando fosse eleito presidente. Após as eleições nunca mais visitou o local nem quis saber do assunto.

 

Assim, quando o nosso presidente enche a boca com a necessidade de despoluição do Rio Ave, devia colocar um espelho pela frente incriminar-se também pelo desleixo em que se tem movido.

 

Chega de folclóre e demagogia.

 

É hora de o executivo da Junta de Freguesia assumir as suas responsabilidades, denunciar a situação e pressionar as entidades competentes e contribuir para que os responsáveis por esta leviandade sejam responsabilizados.

 

Esta denúncia tem sido feita por alguns moradores e pelo PCP,  no entanto, é necessário que a Junta de Freguesia também faça o que lhe compete e acabe com a posição de alheamento seguido até aqui.

 

 



publicado por org. pcp-taipas às 23:58
link do post | comentar | favorito

   INTERVENCOES & COMUNICADOS

   FRATERNIDADE

 

  

   PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS

   DORBRAGA

   JORNAL AVANTE

   O MILITANTE

   EDICÕES AVANTE

   RÁDIO COMUNIC

 

  

  
pesquisar
 
posts recentes

Jornal da Fraternidade - ...

Jornal da Fraternidade - ...

FESTA DA FRATERNIDADE 201...

GREVE GERAL

Comunicado do PCP/TAIPAS ...

Centenário de Álvaro Cunh...

José Manuel Torcato Ribei...

Delegação da CDU encontro...

Derrotar este governo e e...

Jornal da Fraternidade - ...

VIVA O 1.º de MAIO

IX Assembleia da Org. Reg...

IX Assembleia da Org. Reg...

25 de Abril sempre!

IX Assembleia da Org. Reg...

IX Assembleia da Org. Reg...

IX Assembleia da Org. Reg...

Jerónimo de Sousa na vila...

Sessão Cultural Evocativa...

Centenário do nascimento ...

arquivos

Abril 2014

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

subscrever feeds