Sexta-feira, 21 de Maio de 2010
PS MANTÉM TUG's DENTRO DA CIDADE

A maioria PS decidiu prorrogar o serviço da empresa que explora os transportes públicos urbanos de Guimarães. Trata-se de uma má decisão para o concelho.

 

Uma má decisão para o concelho porque em rigor grande parte do concelho não é servido pelos TUG e vai continuar a não ser.

 

É certo que esta decisão não é propriamente uma novidade - desde sempre os TUG estiveram nas mãos dos privados e foram geridos de acordo com os seus interesses e não de acordo com os interesses dos cidadãos e do município.

 

Este conflito de interesses entre a coesão territorial e social do concelho e a taxa de lucro esperada pelos exploradores foi substancialmente agravado em benefício destes devido ao facto de a exploração dos TUG ter sido durante muitos anos confiada a uma aliança de vários operadores locais que desse modo puderam condicionar o seu natural desenvolvimento e até os preços praticados, tudo de modo a não causar problemas nem danos às empresas de transportes de que eram donos e que concorriam com os TUG  impedindo-os de se  expandirem para as mais lucrativas.

 

Grande parte dessas empresas de transporte foram absorvidas pela actual concessionária, uma multinacional estrangeira que gere os transportes em situação monopolista o que lhe permite impor o anterior sistema de condicionamento.  Por exemplo, quanto ao alargamento das linhas e dos horários.

 

O PCP entende os transportes públicos como ferramenta para promover o desenvolvimento integral do concelho, aproximando a periferia do centro, as freguesias da sede do concelho. Enfim, transportes ao serviço do progresso social e económico.

 

Consciente das vantagens dos TUG nas mãos da Câmara, alertou atempadamente para a proximidade do fim do contrato agora prorrogado, tendo recebido do PS nenhuma vontade de agarrar o assunto e de o trabalhar em conjunto, sob a alegação de sempre: o PS está atento e já está a estudar o caso, que é a desculpa esfarrapada da maioria quando apanhada em falso.

 

O que a maioria deu à luz é mais do mesmo, decorado com uns enfeites de ocasião que não disfarçam o mau trabalho de casa que fizeram: os TUG vão fazer o que já faziam, nas condições que exigem e quem fica a perder são os cidadãos sem carro impedidos de usufruir do que na cidade está concentrado e é quase tudo.

 

 



publicado por org. pcp-taipas às 08:43
link do post | comentar | favorito

   INTERVENCOES & COMUNICADOS

   FRATERNIDADE

 

  

   PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS

   DORBRAGA

   JORNAL AVANTE

   O MILITANTE

   EDICÕES AVANTE

   RÁDIO COMUNIC

 

  

  
pesquisar
 
posts recentes

Jornal da Fraternidade - ...

Jornal da Fraternidade - ...

FESTA DA FRATERNIDADE 201...

GREVE GERAL

Comunicado do PCP/TAIPAS ...

Centenário de Álvaro Cunh...

José Manuel Torcato Ribei...

Delegação da CDU encontro...

Derrotar este governo e e...

Jornal da Fraternidade - ...

VIVA O 1.º de MAIO

IX Assembleia da Org. Reg...

IX Assembleia da Org. Reg...

25 de Abril sempre!

IX Assembleia da Org. Reg...

IX Assembleia da Org. Reg...

IX Assembleia da Org. Reg...

Jerónimo de Sousa na vila...

Sessão Cultural Evocativa...

Centenário do nascimento ...

arquivos

Abril 2014

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

subscrever feeds