Sábado, 23 de Outubro de 2010
Orçamento de Estado 2011

"O Zé do Telhado roubava aos ricos para dar aos pobres, o Governo Sócrates rouba aos pobres para dar aos ricos".

 

Este Governo PS que até há poucos meses atrás dizia ter as contas controladas, que não seria necessário cortar salários, pensões, prestações sociais e aumentar impostos, é o mesmo que agora apresenta um Orçamento de Estado onde contraria tudo o que vinha apregoando, agora, vem dizer que o País está à "beira da banca rota", aterroriza os Portugueses que "vem aí o FMI", por isso, tem que se emagrecer as despesas do estado, e, a fórmula que este Governo, que se diz Socialista, tem para reduzir as despesas do estado é penalizar o povo, o povo trabalhador, os reformados, os jovens, os desempregados, as pequenas empresas.

E penaliza como? Com um Orçamento de Estado que corta nos salários dos funcionários públicos e pensões, nas prestações sociais, aumenta o IVA, corta nos investimentos públicos. Um Orçamento de Estado que vai aumentar o desemprego, diminuir o consumo, ou seja levar o País à recessão.

Mas ao mesmo tempo que diz ser um Orçamento de Estado necessário, este mesmo orçamento que penaliza as famílias, ainda assim contempla Um Mil Milhões de Euros para a banca, sendo que 400 milhões de Euros vão para o  BPN, para aquele Banco que faliu por gestão fraudulenta, aquele onde o Governo já enterrou 4.600 milhões de Euros e se prepara para meter mais 400 milhões de Euros para depois vender aos privados, quem sabe aos mesmos que o levaram à falência, por 180 Milhões de euros; e 600 Milhões na CGD para fazer face aos 4.600 milhões de Euros injectados por esta no BPN.

É este um Governo que se diz Socialista e vai cortar 500 Milhões de Euros nos abonos de família, na acção social escolar e no apoio aos desempregados, mas vai pôr mais 400 Milhões de Euros no BPN, para depois o vender por 180 Milhões de Euros aos privados.

É para isto que pedem mais sacrifícios ao Povo?

Por isso só nos resta lutar, lutar contra estas injustiças e muitas outras contempladas neste Orçamento de Estado, um orçamento injusto para os que nada têm e nada podem, um orçamento que vai ser aprovado pelo PS com o voto ou a abstençã o do PSD.

 

E A LUTA COMEÇA JÁ NO DIA 24 DE NOVEMBRO COM A GREVE GERAL!



publicado por org. pcp-taipas às 01:40
link do post | comentar | favorito

   INTERVENCOES & COMUNICADOS

   FRATERNIDADE

 

  

   PARTIDO COMUNISTA PORTUGUÊS

   DORBRAGA

   JORNAL AVANTE

   O MILITANTE

   EDICÕES AVANTE

   RÁDIO COMUNIC

 

  

  
pesquisar
 
posts recentes

Jornal da Fraternidade - ...

Jornal da Fraternidade - ...

FESTA DA FRATERNIDADE 201...

GREVE GERAL

Comunicado do PCP/TAIPAS ...

Centenário de Álvaro Cunh...

José Manuel Torcato Ribei...

Delegação da CDU encontro...

Derrotar este governo e e...

Jornal da Fraternidade - ...

VIVA O 1.º de MAIO

IX Assembleia da Org. Reg...

IX Assembleia da Org. Reg...

25 de Abril sempre!

IX Assembleia da Org. Reg...

IX Assembleia da Org. Reg...

IX Assembleia da Org. Reg...

Jerónimo de Sousa na vila...

Sessão Cultural Evocativa...

Centenário do nascimento ...

arquivos

Abril 2014

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

subscrever feeds